Comparar as percepções do homem no desempenho de comportamentos sexuais de sua parceira é uma importante avaliação que permite compreender as diferenças do casal sobre a existência e vivência de problemas sexuais. O presente estudo avaliou a precisão na avaliação da autoeficácia sexual feminina em mulheres com queixas sexuais, baseada nas respostas de seus parceiros. Participaram 40 casais atendidos em clínica de psicoterapia especializada em queixas sexuais. Todas as mulheres possuíam disfunções sexuais, a inibição do desejo sexual e inadequação sexual do casal corresponderam 62% delas. Para homens, aproximadamente 73% tinham tais disfunções, a ejaculação rápida e inibição do desejo sexual corresponderam 67% delas. As médias de idade dos participantes foram de 34 anos para mulheres e 36 anos para homens, no tocante ao tempo de relacionamento, 25,8% tinha até 4 anos, 48,4% tinha entre 4 a 9 anos e 25,8 tinha mais de 10 anos. O instrumento utilizado foi Escala de Autoeficácia Sexual Feminina. Os resultados apresentaram índice significativo de 0,42 na precisão da escala, segundo respostas dos casais na avaliação da autoeficácia sexual feminina. Quando avaliado por itens, o índice foi estimado em 42% deles, variando em 0,35 a 0,59. Houve um aumento na precisão em condições que ambos possuíam disfunções sexuais ou com tempo relacionamento até 4 anos. Considera-se o índice mediano-baixo, apesar de significativo, em comparação a outras pesquisas. As influências das variáveis na precisão revelam importantes achados na avaliação por pares da autoeficácia sexual feminina, devendo ser considerados em futuras pesquisas e/ou avaliações clínicas.

 

Título: Estimativa de precisão na avaliação da autoeficácia sexual feminina por parceiros sexuais

Autores: Diego Henrique Viviani; Oswaldo Martins Rodrigues Jr.; Ítor Finotelli Jr.

Palavras-Chave: autoeficácia sexual; disfunções sexuais; parceria sexual; sexualidade feminina; função sexual

Categoria: Trabalhos publicados em eventos científicos

 

Referência: Viviani, D. H., Rodrigues Jr., O. M., & Finotelli Jr., I. (2010). Estimativa de precisão na avaliação da autoeficácia sexual feminina por parceiros sexuais. Trabalho apresentado no III Congresso Brasileiro Psicologia: Ciência e Profissão. Anais do III Congresso Brasileiro Psicologia: Ciência e Profissão, São Paulo.


Psicoterapia Sexual® por Dinamicsite 2011 - 2017