A melhoria de vida de HIV positivos deve incluir a sexualidade. Mensurar a função sexual pode facilitar o tratamento pela melhoria de qualidade de vida pela sexualidade. Objetivamos avaliar as propriedades psicométricas da Escala de Autoeficácia Sexual–Função Erétil (SSES-E) em pacientes de um Centro de Referência em DST/AIDS de São Paulo Portadores de HIV/AIDS. SSES-E é um instrumento que avalia a função sexual masculina utilizando o conceito de autoeficácia. Estudamos 17 homens heterossexuais, de idades entre 27 e 60 anos, solteiros (65%), HIV positivo há mais de 05 anos (46%). Os resultados apresentaram o coeficiente de 0,96 para a consistência interna da escala total por alfa de Cronbach. Todos os itens correlacionaram forte e positivamente com o escore total, com exceção do item 9: “gozar sob estimulação oral ou manual pela parceira”. A média do escore total das respostas dos sujeitos foi 63,21 (DP=26,00; Min=18,00; Max=97,00). Observou-se variação das médias por tempo de diagnóstico HIV positivo, mas sem apresentar diferença estatística significante. Os resultados obtidos são favoráveis ao uso da escala em pacientes portadores de HIV/AIDS. O excelente índice de consistência interna forneceu credibilidade quanto sua precisão. Foi possível constatar evidências de validade quanto ao construto pelas relações estabelecidas com escore total. A média dos escores dos sujeitos revelou-se intermediária ficando semelhante à média encontrada na literatura de sujeitos sexualmente disfuncionais. Por fim, ressalta-se a necessidade de estudos posteriores que investiguem a relação dos escores dos sujeitos com outras variáveis, uma vez que os dados encontrados neste estudo revelam muita variabilidade entre os escores.

 

Título: O uso da Escala de Autoeficácia Sexual Função Erétil (SSES-E) em portadores de HIV/AIDS
 

Autores: Mônica Gonçalves de Melo Teixeira; Ítor Finotelli Jr.; Oswaldo Martins Rodrigues Jr.

Palavras-Chave: autoeficácia sexual; pacientes portadores de HIV/AIDS; avaliação psicológica; comportamento sexual

Categoria: Trabalhos publicados em eventos científicos

 

Referência: Teixeira, M. G. M., Finotelli Jr., I., & Rodrigues Jr., O. M. (2009). O uso da Escala de Autoeficácia Sexual Função Erétil (SSES-E) em portadores de HIV/AIDS. Trabalho apresentado no XII Congresso Brasileiro de Sexualidade Humana. Anais do XII Congresso Brasileiro de Sexualidade Humana, Foz do Iguaçu, 64-65.


Psicoterapia Sexual® por Dinamicsite 2011 - 2017